Workshop de Jornalismo Comunitário

Geralmente se pensa que uma matéria jornalística só pode ser feita por algum grande veículo de comunicação. Mas a gente entendeu que a mídia hegemônica tem interesses contrários aos nossos, produzem narrativas que depreciam tanto a periferia quanto quem nela vive.

Sendo assim, se faz necessário produzir uma nova narrativa, de dentro pra fora.

Para nos ajudar nessa missão, convidamos o jornalista Alexandre Pessanha para contextualizar as várias formas de produção de narrativa, como o jornalismo se desenvolveu através do tempo, e como ele pode ser utilizado para diferentes interesses, como para criar ou destruir uma ideia.

Ficou muito marcado para os participantes que com as ferramentas atuais o cidadão comum possui um veículo de informação que pode trazer profundas mudanças sociais, basta saber o que fazer com elas.

Hoje com a internet as possibilidades são muitas. Alexandre Pessanha incentivou os participantes a escreverem sobre qualquer assunto utilizando sites, blogs, fóruns de discussão, colunas, jornais digitais ou até mesmo nas redes sociais, não importando o veículo, mas a produção da ideia e compartilhamento com outras pessoas, esse é o fundamento principal, e com a prática vem o aperfeiçoamento.

“Essa geração possui muito mais voz do que imaginam, basta olhar para trás”.